Notícias
Sábado Maio 27, 2017

MST e Frente Popular prometem boicotar Coca-Cola e McDonald's após o impeachment

Como protesto contra o "golpe parlamentar" em curso no Brasil, o MST e a Frente Revolucionária Brasil Popular anunciaram hoje que vão boicotar a rede de fast-food McDonald's e a Coca-Cola, disse o líder do MST nesta sexta-feira.

"Será um protesto revolucionário contra elite coxinha brasileira, contra o avanço do bloco nazi-golpista, contra as forças conservadoras fascistas, contra o consumismo imperialista dos Estados Unidos e contra a ofensiva neoliberal no Brasil e na América Latina", declarou em nota a Frente Revolucionária Brasil Popular.

Após o anúncio do boicote e da radicalização da luta de classes, militantes do MST aproveitaram para matar a fome revolucionária pela última vez no McDonald's: “Antes do afastamento definitivo da companheira Dilma ‘Cachorro Oculto Atrás de uma Criança’ Rousseff vou aproveitar. Depois terei que me virar no Subway ou no Burger King. Hoje vou expropriar um Big Mac Stalin Feliz em nome da revolução socialista”, declarou um militante do MST.

Leia também: MST invade fazendas no Farmville e promove matança sanguinária

Share